Publicados na categoria Vale a pena conhecer Quebec!

Quebec Mágica!

segunda-feira, outubro 25th, 2010

Quebec parece uma cidadezinha de sonho, até por suas muralhas (única cidade murada da América do Norte). A arquitetura e a importância histórica foram determinantes para que 1985 a UNESCO a declarasse patrimônio da humanidade. O charme da cidade além da arquitetura, também está na natureza: no outono as folhas símbolo do país (aqui a árvore se chama Plátano), se tingem de um tom laranja avermelhado e na primavera, com técnicas de extração ainda com os preceitos básicos do século XVII, a produção do Maple Syrup, invade tudo: de panquecas a pratos salgados. 

São necessários 40 litros de seiva para gerar 1 litro de xarope!

O francês é a língua preferida (Quebec foi descoberto em 1608 pelo explorador  Jacques-Cartier) mas 80% da população fala inglês e são muito simpáticos e acolhedores.

É ótimo passear a pé, descobrindo cada ruazinha. Indico fazer, no primeiro dia, um tour que sai da Place Royal (em frente ao Castelo de Frontenac) assim você tem uma visão geral e pode escolher seus lugares favoritos a serem melhor explorados. Estes são os que mais gostei:

Castelo de Frontenac – construído em 1893 como um hotel de luxo, teve hóspedes famosos como Roosevelt, Churchill, De Gaulle, François Mitterrand além de inúmeros artistas atuais. Tomar um café na galeria de lojas do térreo é muito gostoso e ouvi diversos idiomas, incluindo muitos, muitos brasileiros!

Place Royal – é onde se situa o Castelo de Frontenac e é o coração da cidade com pequenas ruas distribuídas como artérias, nos levando à parte murada da cidadela ou à parte baixa (onde se localiza o Porto).

E o ponto alto é o “Terrace Dufferin”, uma espécie de deck de madeira, com bancos e quiosques. A melhor vista do Rio São Lourenço! É onde se vê, sob o deck, as ruínas da cidade de antiga.

Deste deck, pelas escadas ou de trenzinho suspenso (funiculaire), se desce até a cidade velha. O melhor é descer explorando as lojinhas e restaurantes e subir com a funiculaire.

Plains of Abraham – Parque de Abraham é um parque enorme onde aconteceu a batalha decisiva com  os ingleses ganhando dos franceses e portanto passando a  “proprietários” da província.  Aliás, a Rainha Elizabeth é também a rainha deles, embora isto não seja ostensivo.

Há anos Quebec aproveita o frio para os esportes de inverno e em fevereiro o carnaval aquece as ruas e bares. E existe até uma escultura em homenagem ao Carnaval!

A Igreja de Notre Dame é pequena, pintada a ouro e linda! De dia e de noite, quando as luzes criam um efeito muito especial.

Ah! As lojinhas e os preços são muito bons de modo geral, e recomendo uma loja tradicional, enorme, com roupas femininas, masculinas e cama e mesa, a Simons. Você vai descobri-la rapidamente porque é na Rue Saint Jean, que sai da Place Royal.

Adorei a arquitetura e a divisa do Palácio da Justiça: Deus e meu direito. Do que mais precisamos?

E no final do dia, na Place Royal, o Jazz impera! Cria um clima mágico…