Genius – O mestre dos gênios

genius-_-poster

GeniusO mestre dos gênios foi exibido como destaque no Festival de Berlim deste ano. Baseado na biografia de Max Perkins: Editor of Genius, o filme retrata a história real do editor que, na década de vinte, acreditou em jovens talentos e foi responsável pela publicação de autores maravilhosos como Ernest Hemingway e F. Scott Fitzgerald.

genius-_hemingway

genius_fiztgerald

Colin Firth é o editor e está muito bem, como sempre. Interpretação impecável, na medida certa. Em sua profissão ele é obrigado a sugerir cortes e alterações a seus escritores, sempre com o olhar no público que vai comprar.

Com chegada de um rascunho enorme, ele mergulha na beleza da prosa poética de Thomas Wolf. Era o primeiro romance do autor, Look Homeward Angel.genius_editor

genis_colin-firth-e-thomas-wolfe

Escritor prolixo, Wolf reluta em cortar seu romance e, para complicar, leva uma vida desregrada, quando comparada à de Perkins, que tem uma vida pacata com a esposa e quatro filhas.genius-thomas-wolfe_boate

Em meio a esse caos interno, bebidas, escritos, noitadas, Wolf vive uma relação tumultuosa com uma mulher que abandonou a família para ficar com ele (Nicole Kidman).genius_nicole-e-jude-low

Apesar das dificuldades, o trabalho de ambos acaba se tornando uma amizade e Perkins começa projetar em Wolf (Jude Law, ótimo),  o filho que ele sempre quis e não conseguiu ter.

Para quem gosta de literatura, a história absorvente entre esse editor e o escritor Thomas Wolf, é uma ótima indicação. O filme nos leva a um universo literário muito interessante, numa New York perfeitamente recriada no período negro de 1929, no universo dos depois chamados “Geração Perdida” que inspirou inúmeros escritores, entre eles William Faulkner.

Assista o filme! Ele fará você ter vontade de ler, ou reler, os autores!

Tags:

Comentarios inativos.