Gentil Montevidéu

Montevidéu tem muitas coisas bacanas de se ver. Se puder, vá de Buenos Aires para lá em um navio, o Buquebus. É uma viagem maravilhosa, que atravessa em 2 horas o Rio da Prata. O conforto é tanto que tem até um Duty Free a bordo. E dos melhores!

thumb_IMG_1682_1024

 Na cidade velha, além da Praça da Independência, o ponto alto é a “Porta da Cidadela” que depois de quatro anos de restauração ficou muito bonita. É o que restou da muralha de proteção construída em 1741.MONTEVIDEU_Plaza de Independência thumb_IMG_1807_1024

Em frente, visite a Pietonal Sarandí, uma “Rambla” muito gostosa, com várias librarias e lojinhas. Nessa rua encontramos um dos cafés mais interessantes que conheci nos últimos tempos. Repleto de antiguidades (que eles vendem), com mensagens sobre a mesa.  Até o seu nome é uma inspiração: Si Pretensiones!

thumb_IMG_1735_1024Um dos passeios que mais me marcou foi o Teatro Solis. Inaugurado em 1856, passou por dez anos de reforma e hoje itens modernos, como acesso para pessoas com mobilidade reduzida, portas contra fogo e climatização foram incorporadas. Mas o charme das poltronas de veludo vermelho, os quatro andares de camarotes e os lustres de cristal Baccarat foram mantidos, o que cria uma atmosfera incrível.

Montevideu_Teatro Solis

thumb_IMG_1822_1024

Outro dado importante é que os guias são todos estudantes. Conseguimos uma estudante de economia que está fazendo curso de português e já fala muito bem! thumb_IMG_1808_1024Ela contou que antes as entradas do teatro eram separadas e na porta principal só entravam os ricos, pois era o acesso aos camarotes. Hoje todos entram por essa porta e só dentro do teatro é que se dirigem aos seus lugares. Além disso todos os meses existem espetáculos bem baratos, a um custo de aproximadamente quinze reais. O intuito é popularizar o teatro. O camarote principal é reservado para a presidência mas, o Pepe Mujica nunca usou. Prefere a plateia. Claro! Desse ser humano tão especial não se esperaria nada diferente.thumb_IMG_1705_1024

Visitamos o Mercado del Puerto mas não gostei muito. Seria o nosso Mercado Municipal, só que vendendo apenas comidas, achei que precisa urgente de uma boa manutenção. Mas, conseguimos descobrir o Mercado Agrícola de Montevidéu! O MAM. Inaugurado há 2 anos, está muito bonito, com frutas maravilhosas, lojas diversas e carnes especiais, além de restaurantes bem interessantes com ótima qualidade. Vale a pena visitar!

thumb_IMG_1898_1024

thumb_IMG_1907_1024

O Parque Rodó também surpreende. São 43 hectares desenhados a partir do lago central. É uma espécie de Parque do Ibirapuera e fica tomado de uruguaios nos finais de semana.Parque RodóOutro passeio interessante é um bate e volta até Colônia del Sacramento. Uma cidadezinha a 180 quilômetros e que se parece um pouco com Paraty. Tem uma Praça Principal e catedral bem simpáticas, vários restaurantes e cafés e um clima de cidade do interior.

Sao Jose de Mayo_igreja principal

thumb_IMG_1784_1024Achamos muito interessante a Praça dos Touros. A guia contou que um argentino muito rico, há uns 50 anos atrás, resolveu construir essa arena para touradas, já que na Argentina elas eram proibidas. Acabou construindo um hotel perto, cinco estrelas porque o projeto era que os argentinos viessem de navio e passassem a noite. Ao ser inaugura teve uma tourada. E só essa! Os uruguaios acharam o espetáculo muito sangrento e tudo fizeram para que fosse desativado. Resultado, o empresário perdeu tudo e acabou indo para a arena e nela se matando. Uma história triste para um lugar que é bonito apenas se transformado em centro cultural, que parece que será seu destino nos próximos anos.

thumb_IMG_1771_1024Mas, o destaque da viagem foram os uruguaios. Gente simpática, educada e muito gentil. Vivenciamos ótimos momentos entre eles, que comprovaram essa gentileza, seja com informações na rua, no hotel e o auge de tudo, um casal uruguaio que na porta do Mercado Agrícola tinha chamado um taxi pelo Easy Taxi (funciona lá!). Não estava passando nenhum taxi na rua e me atrevi a pedir a eles se podiam chamar um taxi para nós, assim que o deles chegasse. Mais do que isso, insistiram e nós é que tomamos o taxi que seria para eles. Gente da melhor qualidade! Vale conhecer!

Comentarios inativos.