Pais e Filhos

Pais e Filhos Poster

Se você não assistiu no cinema “Pais e Filhos” do diretor japonês Hirokazu Kore-eda, agora pode assistir em DVD. O filme ganhou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes 2013, e trata de um tema muito difícil, que nos faz refletir sobre qual seria a nossa decisão se isso acontecesse.

Os pais vão fazer a matrícula do filho na escola. Num processo de rotina, feitos os exames de sangue, é detectado que os pais não são compatíveis e são questionados se o menino é adotado. Não é.

Pais e Filhos escola

O hospital é envolvido e depois de conversas penosas, em que até tentam acusar a mãe de não ter percebido, assumem o erro da troca de bebês e propõe investigar os três meninos que nasceram no dia do nascimento da criança.

Pais e Filhos todos

Poderia ser um dramalhão mas o diretor conduz de maneira sutil e o encontro das duas famílias transcorre quase de maneira tranquila. Até um dos pais ter a ideia de propor criar os dois meninos.

pais_e_filhos_1

Quem dá essa ideia é o protagonista, executivo dedicadíssimo ao trabalho, quase sem tempo para o filho Keita. Ele tem dinheiro, é acostumado a resolver questões e tenta solucionar mis esse dilema, mas, isso não será fácil. Seu pai, um homem que ele não ama e é distante, sugere que o sangue é mais forte que a convivência e que os meninos devem ser trocados. A mãe dele pensa diferente.

Por outro lado, depois de seis anos criando Keita, a mãe tem uma relação estreita com ele e chega a pensar em fugir de todos para levar o menino consigo.

Pais e Filhos_mae

A outra família é completamente diferente. Um comerciante simples, com uma família amorosa: a esposa, o filho que descobrem que não é deles, mais um menino e uma menina.

Pais e Filhos banheira

Os filhos acabam se integrando como se fossem irmãos e a convivência é imposta entre as famílias. A angústia se amplia, chega o julgamento e nele a enfermeira confessa que trocou os meninos. Nem seria preciso porque os exames de DNA já indicaram quem são os verdadeiros pais, mas, o choque é forte e a partir dai, sem dúvida alguma, é preciso tomar uma decisão.

Pais e Fillhos Juri

Pensei bastante nesse enredo e confesso que não saberia qual decisão tomar. Assista ao filme e ensaie a sua decisão. O simples exercício nos faz refletir e muito, sobre os valores da vida e os laços de amor que nos unem uns aos outros.

Tags:

Comentarios inativos.